Medo de avião. Essa sou eu tentando superá-lo enquanto escrevo isso pra vocês. Viajo sozinho desde os meus 9 anos. Lembro como se fosse ontem minha primeira viagem de avião, de vestido rosa da lilica ripilica, cabelo meio preso, sandália branca, sorriso no rosto e lanche do senninha na hora do serviço de bordo (quem lembra desses tempos de vacas gordas? Na caixa de lanche kids vinha ruffles + docinho + sanduíche e uma bebida). Era novidade, uma nova experiência iniciava na minha vida.

Depois daquela várias outras oportunidades de viagens surgiram, minha mãe cansou de me por no avião sozinha pra que eu sempre voltasse a minha terrinha natal. Achava o máximo viajar. Mas aí o tempo passa, a gente vai crescendo, tendo noção dos perigos do mundo e acho que vai criando medos bobos na nossa mente. De uns 7 anos pra cá, tomei pânico de avião e a cada decolagem era 10 ave marias e 10 pai nossos. Não relaxava até ter o avião em solo novamente.

Com tudo que venho crescido nos últimos tempos, decidi que esse ano iria parar com essa bobagem. Toda vez que entro em um avião agora repito pra mim “amo viajar de avião” até que que isso se torne verdade naquele instante.. só paro depois que sinto certeza e paz naquilo que estou dizendo pra mim (lie until you by). Nunca deixei esse medo me paralisar, nunca deixei de entrar em um avião por medo, sabe aquela frase? “Se der medo, vai com medo mesmo”. Pegue ela e a faça como lema da sua vida! Medo é bom, te deixa alerta pros perigos do mundo. O problema é quando se tem em excesso, ele te estaciona e passa a guiar a rota da sua vida. Acredito que nada nessa vida é por acaso.

Passei a entender que por mais que haja planejamento, nada está no nosso controle, as coisas acontecem exatamente como devem acontecer e cabe a Deus honrar com os planos que ele tem pra mim. Sei que tenho sua proteção o tempo todo e que nada de mal me acontecerá. A vida fica mais leve quando vivida dessa forma.. você para de se cobrar tanto e querer controlar tudo ao seu redor, 60% do seu dia não sai exatamente como você gostaria, mas lembre-se que está tudo interligado.

Algumas coisas só estão da forma que estão hoje por uma decisão que você pode ter tomado meses atrás. A vida é feita de ENTREGAS. Pra você estar em outro lugar é preciso entrar em um avião/carro/ônibus/navio e viajar. Pra você ser amado da forma como você merece você precisa dar o amor que o outro espera. Pra você ter um dia excepcional você precisa fazer com ele seja excepcional. Pra que você alcance seus objetivos, você precisa traçar metas pra isso. Jamais abra mão das suas vontades por um medo idiota.

E qual decisão você tomou na vida que refletiu na realidade que você vive hoje?

 

Compartilhe:
Escrito por Gabriella Cavalcante dos Santos
Consultora de imagem e estilo. Louca por moda, viagens, animais e comida. Ansiosa pra compartilhar todas minhas experiências com vocês.