onze dicas matadoras para aumentar sua autoestima
Nem sempre a cirurgia plástica é a solução para um problema de autoestima, mas também não tem nada de errado em fazer um procedimento estético se você desejar

Muitas pessoas buscam os consultórios de cirurgia plástica e as clínicas de procedimentos estéticos para resolver problemas de autoestima. Tem algo de errado nisso? É claro que não! Esses recursos existem e você pode recorrer a eles se assim desejar.

Porém, além desses tratamentos, existem outras ações que nos ajudam a reconhecer nosso valor e aumentam nosso amor-próprio. Inclusive existem casos que as intervenções estéticas não podem resolver. Saiba como elevar sua autoestima com estas dicas matadoras:

  1. Saiba que todo mundo é diferente

Não existe uma única forma de beleza. Por isso, você não precisa seguir um padrão de corpo, rosto ou cabelo para se sentir bonita e manter sua autoestima lá em cima. Aceite e celebre as diferenças, pois são elas que fazem você ser quem você é.

  1. Encontre seu estilo próprio

É impossível manter a autoestima nas alturas se você não se identifica com as suas roupas, acessórios, corte de cabelo etc. Não importa qual seja a moda do momento: você deve usar aquilo que faça você se sentir bem com você mesma e que combine com a sua personalidade.

  1. Seu valor não depende das atitudes dos outros

Muitas vezes, questionamos nosso valor quando nós passamos por momentos como um rompimento amoroso, uma demissão ou mesmo uma decepção com uma grande amiga. É normal ficar triste, mas saiba que nada disso afeta o seu valor como pessoa.

  1. Invista na sua saúde

Cuidar da sua saúde é uma excelente forma de elevar sua autoestima. Afinal, você está separando alguns momentos (e recursos financeiros) exclusivamente para cuidar de você mesma. Seu corpo é o seu templo, e ele precisa ser valorizado para você se sentir bem.

  1. Esqueça as dietas malucas

Você sente que precisa emagrecer alguns quilinhos por questão de saúde ou para se sentir melhor com você mesma? Então está na hora de procurar uma nutricionista ou nutróloga para descobrir as suas necessidades alimentares e estabelecer uma dieta para você.

Seguir dietas malucas para perder peso rápido só vai deixar seu corpo debilitado, provocar o famoso efeito sanfona e te deixar de mau humor. Além disso, ter uma alimentação correta é essencial caso você decida fazer um procedimento estético ou uma cirurgia plástica.

  1. Pratique exercícios físicos

Os exercícios físicos são importantíssimos para quem quer perder peso, mas também são fundamentais para a manutenção da saúde e de uma boa qualidade de vida. Por isso, é essencial encontrar uma atividade da qual você goste e praticar sempre.

Os exercícios fortalecem músculos e ossos, melhoram a capacidade respiratória, protegem nosso coração e ainda trazem benefícios para a saúde mental, como reduzir níveis de estresse e ansiedade. Ou seja, eles aumentam nossa autoestima duas vezes!

  1. Sinta-se bonita

Mesmo quando você está se sentindo para baixo, é importante se olhar no espelho e gostar da imagem que está ali. Por isso, faça um esforço para escolher uma roupa legal, passar um batom, dar um jeito no cabelo, fazer as unhas ou qualquer outro cuidado que você goste.

Estar com uma aparência que você goste é o primeiro passo para internalizar sentimentos positivos sobre você mesma e melhorar a sua autoestima.

  1. Escute seus desejos

Se você está em uma profissão ou um relacionamento que não te faz feliz, pode ser bastante complicado manter a autoestima nas alturas. Dessa forma, é preciso escutar os desejos que vêm de dentro de você.

Você gostaria de mudar de área? Fazer um novo curso? Sair de um relacionamento tóxico? Se afastar de pessoas que te põem para baixo? Identifique suas necessidades e não tenha medo de optar por aquilo que é melhor para você mesma.

  1. Faça um tratamento estético

Gordurinhas localizadas, rugas que deixam você mais velha do que você realmente se sente, manchas na pele, estrias, celulite… Essas coisas não são problemas de saúde, mas podem nos deixar desconfortáveis com nosso próprio corpo.

Felizmente, existem inúmeros tratamentos estéticos que nos ajudam a corrigir esses problemas (entre muitos outros). Não há mal nenhum em recorrer a eles quando essa é a sua vontade.

  1. Recorra a uma cirurgia plástica

Tem uma parte do corpo que está te incomodando? Orelha de abano, nariz desproporcional, barriguinha saliente, pálpebras caídas? Então saiba que a cirurgia plástica existe justamente para isso: corrigir aquilo que faz a gente se sentir infeliz e insegura.

Porém, você jamais deve se sentir obrigada a fazer um procedimento. Analise se essa é a sua vontade e reflita sobre o que os resultados podem trazem para a sua autoestima. Feito isso, procure uma clínica de cirurgia plástica confiável, converse com o cirurgião e mande bala!

  1. Seja você mesma e sorria

Aceite ser quem você é! Você já sabe que sua beleza é única e que seu estilo faz toda a diferença. Você não precisa atender às expectativas alheias para ter valor. Não é porque todo mundo está fazendo um procedimento que você também precisa fazer.

Por isso, independente de ter feito uma cirurgia plástica ou não, não tenha medo de ser você mesma. Erga a cabeça, valorize suas qualidades, seja gentil e sorria. Seu brilho e sua luz serão vistos por todo mundo que importa – e principalmente por você mesma.

(Texto: Tainá Fantin)

 

Gostaram?

Comentem aqui embaixo o que acharam da dica!! Beijos!

Compartilhe:
Escrito por Gabriella Cavalcante dos Santos
Consultora de imagem e estilo. Louca por moda, viagens, animais e comida. Ansiosa pra compartilhar todas minhas experiências com vocês.